O que é melhor? Viver os nossos pensamentos que são limitados a tantas situações e circunstancias ou viver os pensamentos de um Pai que é o Dono do universo (Sl. 24:1-2) e o Deus do impossível (Lc. 18:27)? Hoje através da RECONCILIAÇÃO que o Pai fez conosco (II Co. 5:18) podemos experimentar os Seus pensamentos e com certeza os pensamentos de Deus são bem maiores e melhores que o nosso (Is. 55:9). Antes de aceitarmos a Cristo vivíamos na inutilidade dos nossos pensamentos (Ef. 2:3) e consequentemente estávamos em desobediência ao Pai que nos ama e experimentávamos em nossas vidas a tristeza de viver longe de um Pai de amor! Nosso chamado é experimentar os pensamentos de Deus para as nossas vidas abrindo mão de nós mesmos e daquilo que achamos que é o certo pela nossa limitada maneira de ver as situações  e as circunstancias que estão a nossa volta (Pv. 3:5). Mesmo que em um determinado momento possamos não compreender os pensamentos que Deus tem para nós se pedirmos a Ele sabedoria e confiança e colocarmos tudo nos cuidados Dele veremos que as percas, os ganhos, as lutas, as vitórias na CAMINHADA cooperam para o nosso bem para que os pensamentos e propósito deste Pai de amor se cumpram em nossas vidas (Rm. 8:28). Experimente os pensamentos de Deus para você e assim você irá compartilhar o que Jesus Cristo é e tem feito em sua vida. #experimenteecompartilhe

Todo bom pai deseja ver os seus filhos felizes!

Quando um pai e uma mãe ensina princípios e define limites para os seus filhos, eles estão demonstrando de forma real todo o seu amor e cuidado com os filhos que tanto ama. O desejo dos pais é que seus filhos obedeçam e assim venham evitar as tristezas que uma vida de desobediência traz aqueles que não obedecem seus pais. Deus colocou os pais como os discipuladores dos seus filhos (Pv. 22:6) e honra-los é o primeiro mandamento com promessa que cada filho tem que praticar (Ef. 6:1-3).  Assim também é o nosso Pai Celestial... Deus ao definir seus mandamentos para que nós obedecêssemos tem este desejo no Seu coração que é a verdadeira felicidade dos Seus filhos (Sl. 119:2). Infelizmente todos nós sabemos que muitas pessoas tem decidido viver longe destes mandamentos destes Princípios  e assim estão vivendo uma vida de tristeza. A RECONCILIAÇÃO que o Pai fez conosco na cruz (II Co. 5:18) nos trouxe tudo o que precisamos para viver nestes Princípios de um Pai de amor (Hb. 4:16) através Daquele que nos libertou do pecado e da condenação e nos fez filhos de Deus (Ap. 1:5). Hoje nós que aceitamos esta RECONCILIAÇÃO nos unimos a Jesus (I Co. 6:17) e assim como Ele foi obediente ao Pai nós também seremos por Sua graça. Entregue sua vida a Jesus hoje totalmente e peça a Ele um coração obediente igual ao Dele e assim você irá experimentar a transformação que Ele fará em sua vida te dando um novo coração e quando isto acontecer você vai poder compartilhar que obedecer aos Princípios do Pai é o que verdadeiramente traz felicidade aos Seus filhos! #experimenteecompartilhe

 

Deus vê cada pessoa que habita nesta terra e ninguém foge do olhar do Pai (Sl. 33:14) e foi Ele que deu a cada uma delas um coração para busca-Lo (Ec. 3:11) para que o ser humano de fato tivesse uma vida feliz de verdade... Mas infelizmente a maioria das pessoas tem procurado encher o seu coração com várias situações que não estão na vontade de Deus e assim os seus corações vão se tornando insensíveis para ouvir a voz do Deus Verdadeiro que ama cada pessoa (Ef. 4:19). Hoje eu e você que aceitamos a RECONCILIAÇÃO (II Co. 5:18) que o Pai fez conosco na cruz fomos presenteados com um novo coração. Aquele coração de pedra que não buscava ao Senhor foi substituído por um novo coração (Ez. 36:26) e assim nos tornamos morada do Espirito Santo (I Co. 6:19). Você que recebeu este novo coração não deixe de se encher da Presença Dele no seu dia a dia (Ef. 5:18) por que um coração novo sem ser cheio do Espirito Santo não irá experimentar o que Jesus é... Quanto mais lermos da Sua Palavra e nos rendermos a Sua vontade mais experimentaremos da Sua vida em nós e assim iremos compartilhar em todas as situações e àqueles que estão a nossa volta o grande privilégio de sermos filhos de Deus em Cristo Jesus a obra da RECONCILIAÇÃO (II Co. 5:18)!